ata reunião 15/12/2004

Participantes:

Luiz Fernando Michel

Antônio Basílo

Renato Copello Lamarca

Celso Carvalho

Eduardo Aguilar

Luiz Filipe Osório

Ricardo Osório

Gilberto Castro

Carlos Molina

Márcio Petrúcio

Fernando Raulino

Fernado Pimentel Duarte

Artur Brandt

Christian

Nilton Cardoso

Newton Ferreira

Giancarlo

Francisco Aquino

 Às onze horas do quarto dia do mês de novembro de 2004, reuniram-se na sede da Flotilha BarraVela (Fisilabor) os respectivos filiados citados acima, para deliberarem sobre os assuntos citados na pauta de convocação:

O Capitão e Secretário de Flotilha de 2004, Luizão e Antônio Basilio, convidaram Renato Lamarca para redigir a ata  dando início a reunião.

1. Eleição do Capitão e escolha do secretário

O Capitão Luiz Fernando Michel foi reeleito por unanimidade dos presentes. Este escolheu Antônio Basílio para permanecer por mais um ano como secretário da Flotilha BarraVela.

2. Aprovação do calendário de regatas para 2005

A maioria dos presentes optou pela realização de 12 regatas em 2005, uma por mês.

Antônio Basílio afirmou que a proposta de calendário para 2005 levará em consideração os principais eventos externos, para evitar conflito, como por exemplo: Transararuama, Escola Naval, Brasileiro da Classe Dingue, Regatas do Iate Clube e Piraquê.

Foi decidido pelos presentes, que a alteração das datas firmadas para os eventos da Flotilha BarraVela em 2005, só poderão ser alteradas em casos excepcionais onde a vontade da maioria dos filiados participantes concordem. 

Os presentes votaram pela substituição da regata 5 horas de Marapendi por outro evento menos desgastante. O secretário ficou de propor outro evento em substituição.

Por votação, a maioria dos filiados presentes, optaram pela realização das 12 (doze) regatas em apenas um dia, sendo todas aos sábados, seis em regatas triângulo ou barla sota e seis em percurso.

Será analisada pelo secretário, a possibilidade de alterar as raias triângulo ou barla sota, para o lado do Novo Leblon, conforme sugerido pelo Márcio Petrúcio.

Em 2005 serão aplicadas as penalidades previstas nas regras da ISAF.

Será analisada pelo Luizão a possibilidade de criar o troféu do participante que fechar a raia em cada classe, conforme sugerido pelo Fernando Raulino, semelhante ao troféu “Mais Maneiro” existente na classe Ranger 22.

Gilberto Castro sugeriu proibir sair do barco para empurrá-lo na passagem dos canais na regata travessia das lagoas, permitindo somente a utilização de remo para sair dos encalhes. Posto em votação, a maioria aprovou.

Em 2005 será expressamente proibido a troca da vela de Laser de categorias distintas (Standard, Radial ou 4.7) durante um evento. 

3. Definição do Critério de Pontuação para o Ranking 2005

Os presentes aprovaram por votação os critérios de pontuação no ranking das classes Laser e Dingue, a saber:

1. Será adotado o descarte dos 2 (dois) piores resultados do ano de cada participante.

2. Os participantes com DNF ou DSQ pontuaram com o número de barcos que completaram a regata mais 1 (um) ponto.

3. Os participantes com DNC ou DNS pontuaram com o número de barcos que completaram a regata mais 2 (dois) pontos.

4. Escolha de Juiz e comissão de protestos

Durante a reunião foi realizado o convite ao instrutor de vela Klaus, para compor a Comissão de Regata de todos os eventos da FBV em 2005. O mesmo aceitou prontamente. Os detalhes serão acertados pelo secretário da FBV.

5. Definição dos preços das inscrições nas regatas, taxa de filiação da Flotilha e armários

Decidido pela maioria em votação, a manutenção das taxas de inscrição cobradas em 2004 por barco, ou seja, Laser R$ 25,00/evento e Dingue R$ 35,00/evento.

Os filiados deverão pagar em janeiro a anuidade de R$ 30,00.

Decidido pela redução da tarifa cobrada pelo uso dos armários para R$ 10,00 mensais.

6. Melhorias do espaço físico                   

Foi exposto pelo secretário, que a situação da Fisilabor permanece a mesma, o Dr. Carlos Heitor continua proprietário do negócio. O Sr. Fernando Pimentel Duarte está intermediando os interesses da FBV com a Fisilabor, e nas primeiras conversas já foi autorizada a realização de melhorias no espaço utilizado.

7. Manutenção e desempenho do Site - idéias, sugestões

O secretário da FBV apresentou o relatório com o desempenho do site na Internet, demonstrando o grande sucesso do mesmo. A manutenção está sendo realizada pelo próprio, evitando custos adicionais.

Em 2005 será retirado do ar o Fórum.

8. Prestação de Contas (Caixinha)

Foi apresentada pelo secretário da FBV a prestação de contas detalhada de 2005, que ficará a disposição de qualquer filiado.

9. Escolha de um Representante da Classe Dingue

Foi eleito pelos presentes o filiado Márcio Petrúcio, como representante da Classe Dingue da FBV para assuntos externos.

10. Assuntos extras

Após sugestão do Gilberto Castro, o secretário se comprometeu em tentar adquirir um Optimist para FBV, a fim de estimular as crianças no iatismo.

Foi sugerido pelo Márcio Petrúcio a transformação da FBV em uma ONG. Este apresentou vários benefícios. Ficou acertada a análise desta proposta em outro momento a ser combinado.

Por já ter mais filiados interessados em armário o Secretário ficou de providenciar mais 4 armários.

Não tendo nada mais a discutir, a reunião foi dada como encerrada.